Consultório sentimental
Consultório sentimental sobre o amor...

28 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:

 

Conhheci um rapaz na praia ano passado. Curtimos varias vezes,so que fui embora. Ele me passou-me o número de telefone e depois de algum tempo liguei pra saber como estava. Conversamos numa boa, e apeguei-me muito a ele. Sofri muito por não estar perto dele. Então nasceu o amor. Ele mora na mesma cidade que eu.

Quero encontra-lo mas sempre que ele me convida eu invento uma desculpa. Tenho medo de me magoar, porque ele mete-se com muitas raparigas. O que eu faço? Nao aguento mais viver longe dele.

 

                                                                 Anónima

 

Cara Anónima:

 

Tu gostas muito desse rapaz, mas tens medo de te envolver com ele, uma vez que ele não é pessoa para ter uma relação séria. Ele está interessado em ti, mas tu no teu íntimo tens receio de que ele te magoe, pelo que evitas os convites dele. Tens de tomar uma decisão importante. Se tu achas que ele é capaz de mudar, então tens de ter coragem e aceitar o convite dele e ver como as coisas correm. Corres o risco de ainda de apaixonar mais por ele e assim sofrer ainda mais se as coisas não correrem bem. Mas se tu achas que ele nunca vai mudar por ti, então mais vale deixar de pensar nele e continuar com a tua vida. Irás sofrer agora, mas pelo menos sofrerás menos do que poderias sofrer no futuro se ele te enganasse. A decisão não é fácil, pelo que tens de ouvir o teu coração e pensar no que ele estaria disposto a fazer por ti.

 

                                                                  Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 21:11

27 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:

 

Eu amei muito uma mulher há tres anos. Conhecemo-nos no colegio que eu estudava, começámos a gostar um do outro. A avo dela impediu que ela conversassem comigo , e ainda hoje quando eu a vejo eu penso que um dia ela e eu ficaremos juntos...

 

                                                                      Anónimo
 

Caro Anónimo:

 

Nem sempre duas pessoas que sentem algo entre elas acabam por ficar juntas. Mas o tempo e a família dela acabaram por vos separar. Tens de seguir em frente com a tua vida, pois caso estivessem destinado a ficar juntos, tinham conseguido ultrapassar os obstáculos que os acabaram por separar. Mas o amor que tinham não era o suficiente forte. Tens por isso de continuar com a tua vida e deixar de pensar no que poderia ter acontecido. Continuares a viver no passado apenas fará com que possas estar a desperdiçar oportunidades para encontrar a felicidade. Só libertando-te do passado, o teu coração estará aberto para outra pessoa. Espero que penses no que te disse.

 

                                                                   Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 22:31

23 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:


No semestre passado na faculdade, conheci o meu professor. Ele é 19 anos mais velho do que eu, mas descobrimos muitas afinidades, comecei a demonstrar o que sentia e ele também, comecei a cuidar dele enquanto estávamos juntos, levava lanche e jantar para ele, presentes e ele me retribuia com carinho e atenção. No último dia de aula fui-me despedir e ele pediu-me para ligar-lhe no dia seguinte, mas não sei o que me deu, só liguei duas semanas depois e falamos de assuntos profissionais. Já estou há quase um mês sem vê-lo e sem ouvir a sua voz, estou ficando louca!!

Já o procurei e ninguém sabe dele. O que devo fazer quando eu o encontrar? Só sei que a sua ausência me faz amá-lo mais e mais.

                                                                         Anónima

Cara Anónima:

Tu estás apaixonada pelo teu professor, mas parece-me que ele não sente o mesmo por ti. O facto dele não ter-te dito nada, mesmo após teres deixado de ser aluna, leva-me a pensar que ele não estava realmente interessado em ti numa relação com futuro, mas sim passar um bom tempo contigo. Tens de tentart esquecê-lo e continuar com a tua vida. É perfeitamente normal apaixonarmo-nos por uma pessoa mais madura e responsável, mas o tempo acabou por demonstrar que ele não sente por ti da mesma forma. Tens por isso de seguir em frente, pois se continuares a pensar nele, isso apenas fará com que continues a sofrer por alguém que o não merece. E enquanto continuares a ter esperanças de estar com ele, nunca serás realmente feliz. Espero que penses no que te disse. Mas a decisão é toda tua.

                                                              Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 20:54

21 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:


Uns tempos atrás conheci um rapaz. Conversavamos pela net. Acabámos por curtir 3 ou 4 vezes. Notei que eu gostava dele mesmo. Curtimos uma noite num baile, mas depois daquele baile tudo mudou. Ele nunca mais me ligou(...)

Depois nada mais... Agora tem boatos que ele esta namorando com uma vizinha. Não sei mais o que fazer. Amo-o muito. Estou ficando louca. Eu não sei se ele gosta de mim ou sempre brincou comigo? Eu queria esquecer mas já fiz de tudo e não adianta, pois não consigo. Por favor da-me um conselho para me ajudar. O que faço?

                                                             Anónima

Cara Anónima:

Parece-me que esse rapaz nunca gostou a sério de ti, pela atitudes que ele tomou contigo. Tu mereces melhor. Por isso tens de tentar esquecê-lo, pois tu nunca conseguirás ser feliz com ele. Ele já demonstrou que não gosta de ti, e apenas quis curtir contigo e assim que o conseguiu, desinteressou-se por ti. Tu tens de continuar com a tua vida e seguir em frente. Não é fácil, mas o tempo ajudará a que tu o esqueças. Um dia, quando menos esperares, irás encontrar alguém que goste realmente de ti e queria passar o resto da vida contigo.Por isso, tens de lutar para não pensar mais nele, todos os dias. Espero que tudo corra bem contigo.
 

                                                              Dr. Coração

 

publicado por Dr. Coração às 23:43

17 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:


Namoro há 2 anos mas estou me sentindo atraida por uma outra pessoa...não sei o que fazer, pois sei k estou sendo correspondida... ja dormimos uma vez e foi maravilhoso.... e nós trabalhamos na mesma empresa....

Não sei o que fazer,pois ele tambem namora....estou perdida....e quero ficar com ele.

                                                               Anónima
 

Cara Anónima:

Tu sabes que estás a proceder mal, em estares envolvida com uma pessoa comprometida, ainda para mais porque tu também já estás envolvida num namoro longo. A questão principal é saber se estás apenas atráida por ele, ou é algo mais profundo. É perfeitamente normal duas pessoas que trabalham juntas sentirem algo uma pela outra, pela proximidade que tem durante o tempo em que estão juntos. Mas será que o que têm será suficiente para terem algo mais sério.

É nessa questão que tu tens de pensar antes de continuar a estares envolvida com ele. Se tu chegares à conclusão de que gostas mesmo dele e que ele está seriamente interessado em ti, então deverás pensar em saber se deverás acabar o teu namoro. Mas se for meramente uma questão casual, então deverás tentar esquecer o teu colega e tentar evitar estar com ele, sob o risco de alguém sofrer no futuro.

                                                                     Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 19:16

14 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:


Estou desesperada, conheci um homem quase 10 anos mais velho que eu há um ano e meio atrás. No começo nem me interessei por ele, mas com um tempo ele me conquistou profundamente... não sei... adorava estar com ele, sentia-me bem, feliz, alegre, mas eu sempre achei-o muito estranho. Até que um dia ele começou a se afastar de mim... conversei com ele e disse que não ia mais ligar pra ele, mas ele disse-me pra mim fazer isso... mas foi o que aconteceu, pois por mais que ele me tratesse bem, sentia-o meio distante.

Passaram-se 10 meses e até que um dia vi-o. Parece que o sentimento tinha voltado apesar de nunca ter deixado de pensar nele, acabei curtindo com ele de novo e 1 mês depois fiquei sabendo que ele era casado. Senti-me um lixo e enganada porque perguntei-lhe várias vezes se ele tinha compromisso com alguém mas sempre disse que não.

Às vezes ainda ligo para ele. O pior vamos estudar na mesma faculdade, ele ainda não sabe que eu sei que ele é casado e não a entender a minha distância. Sinto-me culpada por gostar de um homem casado. Como faço pra contar-lhe que eu já sei e acabar com esse tormento?

                                                                        M.F., 21 anos
 

Cara M.F.:

Tu no teu íntimo sabes que tens de acabar com esta relação. Ele enganou-te e tu sentes que a tua confiança nele foi quebrada. Mas tu ainda gostas dele, e é por isso que tens algumas dificuldades em acabar as coisas com ele. Mas ele não merece o teu sofrimento. Tu tens que continuar a tua vida e dizer-lhe o que sentes e acabar as coisas com ele. Tu mereces alguém para quem sejas a única mulher da sua vida e que te trate com respeito. E acima de tudo, alguém em quem possas confiar. Por isso, já sabes o que tens a fazer, para reecontrar a felicidade na tua vida.

                                                                     Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 19:15

10 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:


Sou casada há 14 anos. Há 20 anos conheci um homem com quem vivi um amor de 2 anos acabou por problemas relacionados com excessos de ciumes. Todos estes anos vivi de recordações , e nunca o perdi a esperança de o voltar a encontrar. Culpo-me por nunca ter amado o meu marido que está longe de ser um homen ideal, mas é e sempre será um companheiro do dia a dia.
 

Vivo diariamente de recordaçoes e lembranças que me trazem muinta solidão e dor, mas já la vao 18 anos. Como me livrar-me disto ? Se não consigo ! E nem o tempo se encarregou  de levar este amor que não consigo esquecer  e desejao encontrar um dia. Mas tremo de ansiedade e medo só de pensar qual a minha reacção se algum dia o encontrar.

 

                                                                           Tily, 38 anos

 

Cara Tily:

 

Encontras-te numa situação muito complicada, pois estás presa ao passado e a uma relação que já terminou há muito tempo. Tu sofreste muito quando a relação terminou e acabaste por encontrar outro homem que te ajudou a superar a dor. Mas tu nunca amaste o teu marido como o outro homem que não esqueceste. E por isso continuas sempre na esperança de ter uma vida melhor com esse homem.

Não é fácil, mas tens de continuar a tua vida. Tu dizes que o tempo não te ajudou a esquecer. Mas o tempo só ajuda, se estiveres mesmo interessada em esquecê-lo, o que não me pareceu que fosse o caso. Por isso, a única forma de viveres a tua vida, será mesmo deixar de pensar no passado e num eventual futuro que poderias ter. Caso contrário, tu irás sempre viver no estado em que tens estado nos últimos anos.

 

                                                                          Dr. Coração

 

publicado por Dr. Coração às 18:59

07 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:

Reencontrei depois de 9 anos, um amor platônico da infância. Era apaixonada por este homem, qd tinha 12 anos, e ele porém, já tinha 26. Era um amor platônico, sonhava com ele, era louca para beijá-lo, sonhava namorá-lo. O tempo passou, e depois de 9 anos reencontramos. Ficámos muito amigos, e sinto a atração no ar.

Ele convida-me pra sair, solta indiretas e diretas e tal. mas tô com medo, de me envolver com alguém casado. Temos muitas afinidades. Somos amigos, mas amigos que se desejam e não dizem claramente, mas sinto algo no ar... O que faço? Tento lutar por esse amor, que voltou a viver dentro de mim, ou continuo a sofrer em silêncio, pelo facto dele ser casado???

 

                                                                       Anónima

 

Cara Anónima:

 

Tu tiveste sempre um sonho de estar com esse homem, que já persiste há muito tempo. Mas os sonhos são isso mesmo e muitas vezes não se concretizam. Tu mereces alguém que goste a sério de ti. Ele é uma pessoa casada, e a tua vontade de ter algo com ele faz com que interpretes tudo o que ele faz como um sinal d que ele está atraído por ti. Mas esse pode não ser o caso. Ele é teu amigo e muitas vezes os amigos mais próximos brincam e flirtam entre si. Mas isso não quer dizer que ele esteja interessado em algo sério contigo. Não me parece que seja isso que aconteça. Tens de esquecer dele, pelo menos enquanto ele não estiver separada da mulher. Tens de seguir com a tua vida. Um dia, quando menos esperares irás encontrar alguém que te faça sentir da mesma forma. Mas se o teu coração ainda estiver a pensar nele, corres o risco de deixar passar oportunidades para reencontrar a felicidade.

 

                                                                    Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 08:13

05 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:

Estou perdidamente apaixonado pela irmã da minha ex-namorada...
A minha ex é minha amiga e ainda quer voltar para mim, mas eu gosto mesmo é da irmã dela e vivo neste dilema que me está a fazer sofrer muito...
Já curti com a irmã dela, que diz não estar apaixonada por mim e até arranjou namorado, mas também me disse há uns tempos atrás que, se não fosse a irmã, talvez nós pudessemos ter um relacionamento...e essa oportunidade perdida dói muito cá dentro.
Os pais delas já se aperceberam da situação e não estão a gostar nada...
Já nem consigo estar com a minha ex sem me lembrar da irmã...vivo na esperança de que ela mude os seus sentimentos por mim...por um lado, não quero magoar a minha ex, mas por outro sei que tenho de ser fiel aos meus reais sentimentos.
Por favor, ajudem-me...o que faço?

                                                                     Pedro, 21 anos

Caro Pedro:

Tu encontras-te numa situação um bocado complicada. Tu estás apaixonado por alguém que muito dificilmente quererá alguma coisa contigo, uma vez que ela nunca iria andar com alguém por quem a irmã ainda se encontra interessada.

Por isso, a melhor opção que tens é deixar de estar com a tua ex, porque isso apenas te fará sofrer e ao mesmo tempo deixar de pensar na irmã dela. Será complicado, pois tens sentimentos por ela, mas as coisas nunca irão resultar. Tu não podes obrigar ninguém a gostar de ti e a relutância dela mostra-nos que ela nunca iria considerar estar contigo no futuro. Quanto mais continuares a ter esperança em ter algo com ela, mais irás sofrer. Tens de seguir em frente com a tua vida. Infelizmente, sem sempre as coisas correm como nós gostaríamos e nesta situação, parece-me ser esse o caso. A decisão é tua, mas espero que penses no que te disse.

                                                                      Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 20:17
tags: , , ,

03 Novembro 2010

 Caro Dr. Coração:

 

Sou casada e amo o meu marido, mas há pouco tempo soube que uma amiga está a namorar um antigo amor meu. Não chegamos a namorar por muito tempo mas um dia já sonhei casar com ele. Agora está noticia incomodou-me. Acho que não sinto nada por ele. Porque sinto-me assim?

 

                                                               Anónima

 

Cara Anónima:

 

É perfeitamente normal estares a sentir-te dessa forma. Quando se gosta de alguém, e no teu caso parece-me que tu realmente amavas esse homem, nunca se acaba por esquecer totalmente essa pessoa. Mas o que fica é apenas a lembrança de algo que fez parte da tua vida e o tempo ajudou a que acabasses por esquecê-lo e que o amor desvaneceste. Tu entretanto casaste com uma pessoa que amas,  e é nisso em que te deves concentrar. Tu já não sentes nada pelo outro homem, mas há coisas que nunca esquecemos. Mas isso não impede que continuemos a viver a nossa vida e concentrarmo-nos no futuro.

 

                                                                Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 19:15

Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
16
18
19
20

22
24
25
26

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
Enviar Carta

Para enviar uma carta clica no botão seguinte:

 

Enviar carta

 

 

Ou envia para:

drcoracao@drcoracao.com

blogs SAPO