Consultório sentimental
Consultório sentimental sobre o amor...

30 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:

Sempre me apaixono por quem nao tá interessado em mim. Não sou tímida, mas tambem nao sou A SUPER EXTROVERTIDA, mas todos que me conhecem me acham mto engraçada... Tenho consciencia q nao sou a garota mais bonita mas gosto e me sinto bem como sou! Então gostaria de saber o pq de nao ser correspondida quando me apaixono?! Tenho 20 anos e nunca namorei.

Conheci o rapaz por quem estou apaixonada atraves do msn. Parecia o homem mais perfeito do mundo, pq ele é tudo q gosto em um homem. Ele é mto inteligente, super engraçado, sabe falar as coisas certas na hora certa e o melhor, nao fica dizendo coisas bonitas só pra agradar como acontece com vários homens que conheço q passam o tempo todo elogiando e acaba soando falso.

Bom, conversamos bastante tempo pelo msn até q nos conhecemos pessoalmente. Ele é de outra cidade e no dia q a gente se viu ele tinha um compromisso, mesmo assim ele saiu de onde estava pra encontrar comigo mas nao podia demorar. Até aí tudo bem, conversamos e tal, foi mto bom. Mas depois de voltar para minha cidade, ele desapareceu... Acho q até me bloqueou do msn.


Sei que a pessoa mais adequada para explicar o que aconteceu é ele. Mas o que poderia ter acontecido?


                                                                         Amanda, 20 anos

 

Cara Amanda:

 

Parece-me claro que esse rapaz não era a pessoa que tu imaginaste, com base no que tinham conversado no msn. Ele pensava que tu eras diferente e o encontro que tiveram acabou por provar-lhe isso mesmo. É perfeitamente normal uma pessoa criar expectativas que acabam por não se concretizar. Nessas situações, temos de continuar com a nossa vida. Não podemos obrigar ninguém a gostar de nós. O problema é que esta situação acabou por te deprimir, uma vez que se juntou a outras situações que já te tinham acontecido no passado e que fazem acreditar cada vez menos que serás feliz. Mas tens de ter esperança no futuro. Um dia quando menos esperares, irás encontrar alguém que goste de ti por quem tu és, independentemente do teu aspecto físico ou da tua forma de ser. Por isso, não tens de mudar, mas sim continuar a ser quem és e um dia, alguém irá aparecer na tua vida, quando menos esperares. Tens de ter paciência, mas existe sempre alguém para cada pessoa.

                                                                  Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 20:24

29 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:

Tenho 22 anos e nunca namorei ninguem. Ja tive oportunidade mas encontro sempre algo de errado nas pessoas que estão interessadas. Mas tb nunca ninguem gostou de  mim a sério... No começo, mostram-se interessados mas depois descubro que realmente estavam interessados no meu corpo. Ainda sou virgem, mas os rapazes nunca acreditam... não que isso tenha importancia para mim, ja estou farta sair com alguem e ele querer dormir comigo...


Mas o que quero é AMOR sentimento, carinho, amizade, companheirismo. De momento nao gosto  de ninguem pois jurei p mim mesmo que so ia gostar de quem gostasse de mim. Quando gosto de alguem eu gosto mesmo. A última pessa que amei quase 6 anos e nunca me correspondeu. Outro problema meu é amar as pessoas erradas,nunca nenhum deles me correspondeu e isso me magoou muito e sei q va ser muito dificil eu encontrar alguem... (...)

O que devo fazer? Ja estou cansada de esperar e acho que para mim o amor CORRESPONDIDO nao existe. Acho que o meu Karma é ficar sozinha. Se me disserem que um dia ele aparece, eu não acredito.

 

                                                        Anónima, 22 anos

 

Cara Anónima:

 

Tu sentes-te muito desiludida pelo facto de nunca teres conseguido encontrar alguém que tu aches que seja a pessoa certa para ti. Tu sentes-te muito receosa, pois tens medo de saires magoada, pelo que tentas encontrar motivos para não te aproximar de ninguém, como medo de sofrer.

Mas não te podes sentir pressionada para fazer algo que não queiras. Tens de ter paciência, pois por mais que não acredites, um dia irás encontrar a pessoa certa para ti. É complicado no meio de muitos homens encontrar um que goste realmente de ti, e que não esteja apenas interessado no teu corpo. Mas se não o procurares, nunca o irás encontrar. Mas não podes desanimar. Tens de ter mais confiança em ti e sentir que alguém também pode gostar a sério de ti. E continuar a tentar. Espero que penses no que te disse.

 

                                                            Dr. Coração

publicado por Dr. Coracao às 20:36

26 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:

Conheci um homem e apaixonei-me mas ele simplesmente quer que eu seja a outra....
Decidi que não mas estou sempre a refletir sobre a minha decisão...

 

                                                                   Anónima

 

Cara Anónima:

 

Fizeste bem em não aceitar os termos da relação que ele estava a sugerir. Parece claro que ele não está realmente interessado em ti, nem quer ter um futuro contigo. Tu mereces melhor do que isso. Mereces alguém que goste a sério de ti e para quem tu sejas a única mulher da sua vida. Tens por isso de deixar de pensar na tua decisão e no passado. Tens de pensar no teu futuro e na tua felicidade. Não é fácil, mas o tempo irá ajudar a esquece-lo. E um dia, quando menos esperares, irás encontrar a pessoa certa para ti.

 

                                                                     Dr. Coração

publicado por Dr. Coracao às 22:49

18 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:

Estou confusa... há 2 anos atrás conheci um rapaz na internet... durante 1 ano comunicamos via internet e telefone.. depois desse periodo resolvemos conhecer-nos pessoalmente..só que eu estava muito carente...fui me apegando a ele.. ele é muito atencioso, carinhoso...
A partir daí , saímos varias vezes.... ele diz gostar de mim.. mas não consigo ter confiança nele... muitas vezes ele declara-se... o único problema é que nunca sei quando está a dizer a verdade...
Também discutimos muito.... ele é o tipo do homem que não dá o braço a torcer todas as vezes que discutimos.. sou eu sempre que tento a reconciliação... tenho amizade com um amigo dele.. ele sente ciumes e tudo mas nao admite.. isso..
 

Ele é divorciado e tem 2 filhas.. Eu amo-o muito... apesar de não conhecer as filhas dele.. eu respeito muito a relação dele com elas.. (...)

Não sei o que fazer.. pois tem vezes que ele fica um bom tempo sem me contactar.. Quando estou tranquila, esqueço-me um pouco dele e quando surge uma pessoa, começo a sair com essa pessoa, ele reaparece do nada... parece que sente quando estou com outra pessoa... e começa a me procurar... nao sei o que fazer...!!!!

                                                                    Anónima, 27 anos

Cara Anónima:

Tu estás numa relação algo complicado com essa pessoa, pois não me parece que ele esteja interessado em ti para ter algo contigo a longo prazo. Não tenho dúvidas que ele gosta de ti, mas não gosta de ti o suficiente para partilhar a sua vida contigo quando tu mais precisas. Para além disso, numa relação precisa de existir compromisso entre os dois parceiros. E neste caso, não me parece que seja isso que aconteça, pois quando têm uma discussão, ele não sente a tua falta ao ponto de tentar resolver os problemas que causaram a discussão. Tu mereces melhor. Por isso, quando estiveres com outra pessoa, não deves deixar que o interesse renovado dele te distraia. Tu nunca terás um futuro com ele, e enquanto deixares que a presença dele afecte as tuas relações, tu nunca conseguirás ter um futuro com ninguém. Espero que penses no que te disse.

                                                                     Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 20:51

12 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:


Estou namorando um rapaz pela net, só que ele mora nos EUA. Achas que nosso namoro tem futuro?

 

 

                                                                        Anónima

 

Cara Anónima:

 

Não me parece que o teu namoro tenha um futuro e tu sabes muito bem disso. A distância que vos separa é muito grande e por mais que duas pessoas possam namorar pela net, não conseguem ter a intimidade que teriam caso estivessem mais tempo juntos. Mais cedo ou mais tarde, os dois vão se aperceber de que a relação não tem um futuro e um dia irão começar a procurar algo que vos falta noutra pessoa. Por isso, quanto mais tempo estiverem juntos, maior será a dor quando se separarem. Talvez seria uma boa ideia acabar já o namoro, para que ambos possam continuar com as vossas vidas. Mas a decisão é toda tua.

 

                                                                      Dr. Coração

publicado por Dr. Coracao às 22:26

12 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:

Tive um grande amor no passado há uns 15 anos atrás e dessa relação nasceu uma menina. Mas todos dizem que não consigo esquecê-lo, mas não penso assim...
Apenas penso que acabei com s minha vida por perder tanto tempo com uma pessoa que não vale nada e nem procura a filha, muito menos asustenta.
Como fazer para acabar com o passado?

                                                                      Anónima

Cara Anónima:

Sinto a desilução e a resignação nas tuas palavras, pois de uma forma ou de outra, o passado influencia o teu presente. Mas tens de seguir em frente com a tua vida, pois caso contrário, também o teu futuro será marcado pelo passado. Mas és tu que constrois o teu futuro, pelo que tens de fazer um esforço para deixar de pensar no que te aconteceu e nesse homem que nem se preocupa com a vossa filha. Ele não merece que penses nele e ele não merece que ele seja o motivo pelo qual não estás a aproveitar a tua vida. Eu sei que não é fácil, mas tens de tentar dia a dia pensar no futuro que podes ter. Um dia, quando menos esperares poderás encontrar alguém que te faça feliz. Mas enquanto continuares presa no passado, isso não será provável. Muita força.

                                                                    Dr. Coração

publicado por Dr. Coracao às 10:04

08 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:
 

Tenho 24 anos, sou casada e tenho uma filha pequena. Estou casada há 5 anos e apaixonei-me por um professor de filosofia da universidade onde meu marido estuda. O problema é que ele também é casado (há 17 anos) é dez anos mais velho que eu e para completar o meu marido é seu ex-aluno. Não contive minha paixão e declarei-me para ele. Ele está me correspondendo nas carícias, dá-me atenção, telefona-me, manda-me e-mails carinhosos e disse que não fará nenhum esforço para não se apaixonar por mim. Mas ele não está apaixonado como eu. Preciso muito de uma explicação para isso. Sofro de alguma carência afetiva? Será que essa paixão dilacerante tem haver com algo da minha infância? Ou eu não me amo o suficiente e procuro espelhar-me em outras pessoas?

                                                               Anónima, 24 anos
 

Cara Anónima:

Parece-me claro que a relação que tens com esse professor não tem futuro. E tu própria, sabes no teu íntimo que isso é verdade. Sabes que tu és a amante dele, e que ele nunca sairia do casamento dele para estar contigo. Parece-me que tu tens de reflectir um pouco sobre o teu casamento e mais importante do que isso, sobre a tua auto-estima. Parece-me que procuras algo fora do teu casamento que te faça sentir mais realizada ou mais desejada por outra pessoa, algo que não consegues encontrar com o teu marido. A única forma de resolver esta situação será falar com o teu marido e tentar resolver os vossos problemas. Isto não tem só a ver contigo, pois num casamento, há culpa de ambas as partes quando as coisas não correm bem. Mas se tu não falares com o teu marido, vocês nunca irão resolver os vossos problemas e tu irás sempre continuar a procurar algo junto de outra pessoa. E nunca ficarás satisfeita. Espero que penses no que te disse.

                                                                     Dr. Coração

publicado por Dr. Coracao às 12:39

06 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:

O meu namorado tem um comportamento sarcástico comigo. Em um tom de desmancha, ele às vezes faz comentários de desaprovação às coisas que eu faço e penso, mas sempre com tom de desmanchar, nunca em tom de crítica construtiva.
Namoramos há quase dois anos e meio, e ele sempre teve esse modo de agir, mas antigamente, até porque não pensava em manter um namoro com ele, eu não ligava muito. Mas o tempo foi passando, eu me envolvi sentimentalmente mais do que pensava, e essa forma de agir está-me irritando.
(...)A minha dúvida é que não sei se eu sou a exagerada e não sei levar as coisas na desportiva ou se realmente ele passa dos limites...
(..) Só que às vezes, esse tipo de brincadeira magoa, principalmente se for feita muitas vezes.
Aí, eu já começo a pensar se ele gosta de mim de verdade...
Já me abri a esse respeito com ele, e ele diz que me ama muito, e que essa é a maneira de ser dele...
(...) Não sei o que eu faço...
 
                                                                      Elen

Cara Elen:

Parece-me claro que a tua relação não está a passar por uma fase muito saudável. O teu namorado não te está a tratar com o respeito que mereces, pois ele devia apoiar-te nas alturas em que mais precisas, e não desanimar-te ainda mais. As coisas não estão fáceis, e tu estás a começar a ficar farta da reacção dele, pois como tu bem dizes, ao fim de algum tempo, acaba por te magoar.

Ainda por cima, tu já falaste com ele, e ele diz que é essa a forma de ser dele e que não quer mudar por ti e que tu tens de aguentar. Acho que isso é um sinal de que estás numa relação em que tens de ser tu a abdicar de algo. Numa relação com futuro, quando as coisas não estão a correr bem, ambos estão dispostos a fazer sacrifícios para que as coisas melhorem. Quando uma das partes não quer fazer esse esforço e a outra parte já começa a acreditar que as coisas não vão mudar, é um sinal de que talvez seria melhor acabar com a relação, pois ela não tem futuro. Assim, mais vale acabar agora, antes que as coisas piorem mais. Mas a decisão é toda tua. Só espero que penses no que te disse.

                                                                        Dr. Coração

publicado por Dr. Coracao às 23:38

02 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:

 

 

Estou a sofrer muito, pois tinha um caso com um homem casado há 6 anos e ele rompeu comigo. Estou sem rumo, gostaria de uma orientação, de um conselho!!!
 

                                                                    Anonima, 35 anos

Cara Anónima:

Tu tens de aproveitar o facto dele ter acabado a relação contigo e considerar como sendo um sinal de que tens uma oportunidade de recomeçar a tua vida. Tu nunca foste realmente feliz com esse homem, pois apesar de gostares dele, tu sabias no teu íntimo que ele nunca iria deixar a mulher por ti, pois o vosso caso já durava há 6 anos. Tu mereces melhor. Um dia, irás encontrar alguém para quem sejas a única mulher da vida dele, e com quem ele queira partilhar a sua vida. Não vai ser fácil, mas tens de tentar esquecê-lo e continuar com a tua vida. Espero que tudo corra bem contigo.

                                                                       Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 23:57

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

27
28
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
Enviar Carta

Para enviar uma carta clica no botão seguinte:

 

Enviar carta

 

 

Ou envia para:

drcoracao@drcoracao.com

blogs SAPO