Consultório sentimental
Consultório sentimental sobre o amor...

19 Julho 2012

Caro Dr. Coração:

Não sei bem porque estou a escrever isto. Apetecia-me simplesmente desabafar com alguém, e quem sabe obter alguma resposta que ainda não alcancei devido a esta intensidade de sentimentos. A verdade é simples, apaixonei-me pela minha melhor amiga. Depois de 2 anos de passividade, resolvi contar-lhe, não com a intenção de ser correspondido, mas simplesmente porque precisava de tirar um grande peso de dentro de mim, pois custava-me muito estar com ela ocultando-lhe algo que vivia tão intensamente todos os dias. Eu já sabia as suas respostas, e ela foi bastante compreensiva em relação a tudo, a nossa relação não mudou e continuamos com tudo o sempre tivemos, até penso que ficámos mais próximos, foi como se tivesse quebrado uma barreira que muitas vezes não me fazia chegar a ela.

Algo que me fez dar esse passo foi o aparecimento de um rapaz, eu andava muito mal, não suportava vê-los juntos e sentia-me muito mal com isso, tentei-me por à parte, tentei até afastar-me dela, pois pensei que seria o melhor para todos. Mas ela não me permitiu fazer isso, e pouco depois de lhe ter contado o que sentia, ela começou a andar com esse tal rapaz. Eu já estava preparado para isso, e por um lado sentia-me muito mais aliviado por lhe ter contado tudo antes, pois quando lhe disse, fiz questão de lhe dizer que o que me interessava do fundo do coração era que ela fosse feliz. Eu até gosto do rapaz e ele faz-lhe muito feliz, o que me deixa contente, pois por ela eu esqueço-me de mim, para ficar simplesmente concentrado naquilo que ela sente. Mas a verdade é que sem sempre consigo ignorar os meus sentimentos. No entanto, apesar de ter bem consciência do que se passa nunca consegui ver um beijo entre eles os dois, afasto sempre a cara, e não percebo muito bem porque.

As coisas aconteceram muito rapidamente, e varias perguntas surgiram na minha cabeça, somos ainda muito próximos como já disse, e sei que ela gosta bastante de mim, não a quero perder, ela é a pessoa que eu mais amo neste mundo e sou capaz de ficar nesta situação só para tê
Gostava de saber a tua opinião.
Com cumprimentos e Obrigado.

Um Apaixonado

 

Caro Apaixonado:

É muito frequente apaixonarmo-nos pela nossa melhor amiga. E também é frequente que ela não sinta o mesmo por nós. Tu arriscas-te ao contar-lhe o que sentias, mas felizmente as coisas correram bem e ela compreendeu a posição em que estavas e a vossa relação não mudou.

Mas infelizmente, tu continua a amá-la. E o teu coração parte-se sempre que a vês com o namorado. Por isso, esta situação não é a mais saudável para ti, pois tu ainda continuas com esperança de um dia ela mudar o que sente por ti. Mas tens de ter consciência de que isso terá uma probabilidade muito reduzida de ocorrer. Eu sei que gostas muito dela, mas tens de seguir com a tua vida. Tens de tentar esquecê-la, pois caso contrário, irás magoar-te diariamente, quando ela está com o namorarado. E nunca serás feliz, enquanto tiveres esperanças de um dia ficarem os dois juntos. O tempo irá ajudar-te a encontrar alguém que sinta o mesmo por ti. Mas isso implica que tu tomes a decisão de continuar com a tua vida e não ficar preso a um sonho que poderá nunca vir a concretizar-se.

 

Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 22:05

Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
18
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
Enviar Carta

Para enviar uma carta clica no botão seguinte:

 

Enviar carta

 

 

Ou envia para:

drcoracao@drcoracao.com

blogs SAPO