Consultório sentimental
Consultório sentimental sobre o amor...

03 Agosto 2009

Caro Dr. Coração:

 

Eu não sei mais o que fazer! Amo meu namorado e tenho certeza que ele me ama muito também...Mas não aguento mais os ciúmes dele!Eu não posso sair de casa sem ligar pra ele avisando onde eu vou,q horas eu vou e q horas eu volto! Isso é absolutamente horrível pra uma pessoa q sempre foi livre!

As vezes sinto vontade de terminar...e chego até a estar super decidida,mas quando o vejo,tudo muda!A verdade é que não consigo deixá-lo!Queria q ele confiasse mais em mim...só isso!Mas isso tá parecendo meio impossível?

E agora?O q devo fazer para tentar mudar essa situação?

 

K.

 

Cara K.:

 

Uma relação não terá qualquer futuro se não existir confianças entre ambos os parceiros. Por mais que as duas pessoas se amam e queiram ter um futuro em conjunto, se uma das pessoas não confiar na outra, mais cedo ou mais tarde, vão surgir problemas que irão por um fim ao namoro. Por isso, se tu gostas dele e não queres que a tua relação termine, tens de falar com o teu namorado e dizer-lhe o que sentes... Não será fácil para ele ouvir o que dizes, mas caso o não faças e continues a deixar a acumular as coisas, não auguro nada de bom para o vosso namoro. Se ele realmente gostar de ti, ele deverá confiar mais em ti... E estará disposto a mudar por ti, para não te perder... Deves por isso falar com ele e dizer o que sentes...

Se as coisas não correrem bem, então é sinal de que deverás mesmo deixá-lo, pois por mais que gostes dele, se ele não te der nenhuma liberdade, acabarás por ficar cada vez mais resssentida com ele e as discussões irão aparecer.... Seja como for, se ele não estiver disposto a mudar por ti, tens de pensar no teu futuro. Mas espero que as coisas corram pelo melhor.

 

Dr. Coração
 

publicado por Dr. Coração às 21:57

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13

16
17
18
19
22

23
24
25
26
28
29



pesquisar
 
Enviar Carta

Para enviar uma carta clica no botão seguinte:

 

Enviar carta

 

 

Ou envia para:

drcoracao@drcoracao.com

blogs SAPO