Consultório sentimental
Consultório sentimental sobre o amor...

23 Outubro 2010

Caro Dr. Coração:

Sou divorciada, tenho um filho de 6 anos,  tenho 27 anos, e tou apaixonada por um rapaz de 23 anos. Sei que a familia dele nao me aceita muito bem, e ele aceitará? e por quanto tempo?

                                                                 Anónima, 27 anos

Cara Anónima:

Sinto que tu te sentes muito ansiosa e também muito insegura sobre a tua relação, pois apesar dele gostar de ti, tu sentes que por seres divorciada e teres um filho, a tua relação poderá complicar-se no futuro. Tu tens razão em pensar dessa forma, pois com o tempo, a relação poderá mudar, e ele sendo ainda uma pessoa relativamente nova, pode mudar de opiniões em ter um vida em conjunto contigo e com o teu filho. Mas quando duas pessoas se amam de verdade, são capazes de ultrapassar os obstáculos que surgem na relação. Por isso, o futuro da tua relação depende do amor que ele sente por ti e do que está disposto a fazer para estar contigo. E isso não é algo que possas controlar. Mas espero que tudo te corra bem.

                                                                   Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 15:19

31 Julho 2010

Caro Dr. Coração:


Nao sei que se passa na minha vida. O meu marido mudou muito de há 9 meses para ca. Tenho em casa um hospede e nao um marido. Desautoriza-me perante os filhos despreza-me e quase nao falamos.

O problema e que eu quero me divorciar so que tenho uma loja e casa tudo junto que comprei com empretimo ao banco  e ele quer que eu lhe de metade do valor da casa. e diz que tambem vai ficar com os filhos. Ele faz-lhes a vontade a tudo e eles como e logico vao querer ficar com o pai eles. Ao que eu nao me imagino a viver sem eles. O que faço à minha vida?

                                                                            Anónima                                           
 

Cara Anónima:

Tu estás numa situação difícil, pois terás de escolher entre viver num casamento que já não existe, ou arriscar ficar sem os teus filhos e a tua loja. A única forma de resolveres a situação será mesmo falar com o teu marido e negociar uma solução em que ambos consigam ganhar alguma coisa com a separação. Não faz sentido continuar num casamento em que tu estás profundamente infeliz e em que os dois já não querem estar um com o outro. Os dois terão de discutir os termos da vossa separação. Nenhum irá ter totalmente o que desejava e ambos terão de abdicar de algumas das vossas intenções. Mas se tu não te imaginas a viver sem os teus filhos então essa deverá ser umas das prioridades na tua negociação com o teu marido. Espero que tudo corra bem.

                                                                          Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 21:10

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
Enviar Carta

Para enviar uma carta clica no botão seguinte:

 

Enviar carta

 

 

Ou envia para:

drcoracao@drcoracao.com

blogs SAPO