Consultório sentimental
Consultório sentimental sobre o amor...

23 Outubro 2010

Caro Dr. Coração:

Sou divorciada, tenho um filho de 6 anos,  tenho 27 anos, e tou apaixonada por um rapaz de 23 anos. Sei que a familia dele nao me aceita muito bem, e ele aceitará? e por quanto tempo?

                                                                 Anónima, 27 anos

Cara Anónima:

Sinto que tu te sentes muito ansiosa e também muito insegura sobre a tua relação, pois apesar dele gostar de ti, tu sentes que por seres divorciada e teres um filho, a tua relação poderá complicar-se no futuro. Tu tens razão em pensar dessa forma, pois com o tempo, a relação poderá mudar, e ele sendo ainda uma pessoa relativamente nova, pode mudar de opiniões em ter um vida em conjunto contigo e com o teu filho. Mas quando duas pessoas se amam de verdade, são capazes de ultrapassar os obstáculos que surgem na relação. Por isso, o futuro da tua relação depende do amor que ele sente por ti e do que está disposto a fazer para estar contigo. E isso não é algo que possas controlar. Mas espero que tudo te corra bem.

                                                                   Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 15:19

03 Outubro 2010


Caro Dr. Coração:


Conheci um homem pela internet há um ano. Morei com ele, ficamos juntos oito meses. A mãe dele era muito doente, eu tinha de cuidar também do irmão que tbm tinha problemas. Não me adaptei com a cidade, muito calor, não tinha muito pra fazer, eu achava que não gostava dele.

Mas sinto sua falta, ele não quer nem falar comigo pela net. Tive problemas com minha familia que estava longe, acredito que isso tenha feito eu deixá-lo. Eu só queria mais uma oportunidade para saber se ele ainda me ama.

 

                                                         Anónima

 

Cara Anónima:

 

Eu acho que tens de deixar aquela fase do teu passado para trás. Parece-me bastante complicado que vocês alguma possam ficar juntos, pois existem várias condicionantes que os iriam afastar, nomeadamente o facto de estarem em cidades diferentes. Tens de seguir em frente e deixar de pensar no que poderia ter acontecido.

 Ele não quer falar contigo, pelo que tens de fazer um esforço para deixar de pensar nele e continuar com a tua vida. Se continuares a pensar no passado, corres o risco de deixar passar oportunidades de encontrar outra pessoa que te faça sentir da mesma forma. Mas a decisão é toda tua.

 

                                                              Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 23:29

10 Setembro 2010

 

Caro Dr. Coração:

 

Estou a ter serios problemas com meu marido por causa da familia dele. Ele é um optimo marido mas sua familia está insuportável. O que devo fazer?

 

                                                                         Anónima

 

Cara Anónima:

 

Estás numa situação algo complicada, pois apesar de estar tudo a correr bem como teu marido, a relação com a família dele não está nada fácil. A única forma desta situação não afectar o teu casamento é falar com o teu marido sobre o que está a acontecer, por forma a tentar encontrar um entendimento entre todos, para evitar que o teu marido tenha que fazer escolhas, o que iria magoar sempre alguém. Tu tens de estar preparada para fazer um compromisso para que as relações com a família do teu marido se resolvam, pois apesar de a curto prazo esta situação não estar a afectar o teu marido, nunca se sabe se as coisas poderão ficar mais difíceis no futuro com ele por causa desta situação. Espero que as coisas corram bem.

 

                                                                        Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 22:11

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
Enviar Carta

Para enviar uma carta clica no botão seguinte:

 

Enviar carta

 

 

Ou envia para:

drcoracao@drcoracao.com

blogs SAPO