Consultório sentimental
Consultório sentimental sobre o amor...

14 Fevereiro 2012

Caro Dr. Coração:

 

Sou a Fernanda tenho 16 anos tinha um namorado de 14;ele me fazia juras de amor. Dizia que me amava e tudo mais que pode se imaginar.Pois aconteceu que ele me traiu.mas,me envolvi demais em tudo isso,e hoje não consigo esquece-lo.

De-me um conselho do que devo fazer?

                                               
Fernanda, 16 anos

 

Cara Fernanda:

 

É muito complicado quando a pessoa de quem gostamos nos trai e quebra a nossa confiança. Mas tu tens de seguir em frente e deixar de pensar nele, pois ele não merece que tu sofras por causa dele. Tu acredtaste nas promessas de amor dele, que acabaram por revelar-se falsas, pelo que tens de
deixar de pensar no passado e concentrar-te em encontrar alguém que te ame realmente. Não será fácil, pois tu tens agora receio de confiar
novamente noutra pessoa, por causa do que sofreste. Mas só abrindo novamente o teu coração a outra pessoa que te ajude a esquecer o teu ex, começarás a sorrir novamente.

                                                  
Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 21:26

31 Julho 2011

Caro Dr. Coração:

Chamo-me Roberta e tenho 21 anos. Estou apaixonada por um homen casado pela segunda vez.Mas ele é muito serio ja trocamos olhares e ate ocorreu um beijo entre nós e disse-me que sou uma tentação, mesmo assim ele continua muito serio perto mim e eu cada vez mais apaixonada por ele. O que eu faço? estou completamente perdida.

                                                        
Roberta, 21 anos

Cara Roberta:

 

Muitas vezes apaixonamo-nos por alguém que não sente o mesmo por nós. Ele mostra-se interessado em ti, mas ele é comprometido e não tem intenções de deixar a mulher. Tu mereces melhor... Alguém que goste a sério de ti e queira estar contigo para o resto da vida e não apena para ter um caso. Tens de fazer um esforço para tentar afastar-te dele e tentar esquecê-lo.

Caso contrário, corres o risco de vires a sofrer ainda mais, pois é pouco provável que ele deixe a mulher por ti. Espero que penses no que te disse...

 

Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 14:43

21 Abril 2011

Caro Dr. Coração:

 

Eu namorava um rapaz, davamos super bem depois de 4 anos de namoro por razões economicas, ele resolveu emigrar com o meu consentimento apoieio-o em tudo nós adoravamos, nunca pensava que um dia iamos separar. Só que por azar meu no Paìs que ele foi encontrou uma ex namorada que acabaram por ficar juntos sofri muito caí em depressão depois de meses recuperei, não envolvi com niguem durante 2 anos até que vim a encontrar um amigo também desiludido com o amor começamos a sair juntos até que acabamos por namorar.

Ele é tudo que uma mulher pode desejar em termos de carinho amor compreensão até hoje nunca tivemos nenhuma discussão a sério só que depois de quase 2 anos o meu ex voltou com vida estavel procurou-me conversamos e ele quer voltar mas em mim existe uma raiva mas também um pouco de amor (tipo amor mal resolvido) quando o vejo o meu coração parece querer sair pela boca mas tambem o meu actual é super fixe.Estou confusa queria a tua ajuda. Voltar para o ex ou procurar a felicidade no meu actual?

 

                                                                 Cleunice, 26 anos

 

Cara Cleunice:



Tu estás numa situação muito delicada, pois apesar de estares feliz na tua actual relação, nunca esqueceste completamente o teu ex. Mas tu és feliz e encontraste tudo que uma mulher poderia querer no teu namorado, que te trata bem, com carinho e por quem tu sentes algo muito especial. Mas encontras-te dividida, pois o teu coração bate mais forte quando pensas no teu ex. Mas tens de te lembrar que tu estás feliz na tua relação e pensar no passado apenas irá fazer com que a tua relação actual se deteriore. A escolha não é fácil, mas estando tu feliz, deverás tentar evitar falar com o
teu ex e concentrar-te na tua relação actual. Tens de pensar no futuro e não no passado. Se assim o fizestes, irás encontrar a felicidade.


                                                                   Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 20:26

08 Janeiro 2011

Caro Dr. Coração:

Fui procurada pelo meu ex e ele está prestes a casar.
Tive um relacionamento bom com o meu ex, namoramos durante um ano e meio, eu sempre lembrava dele com carinho, mas nunca iria imaginar que ainda o encontraria.

Tenho um relação de sete anos e sou muito feliz, mas há um ano reencontrei meu ex pela internet e descobri que ele lembrava de muitos detalhes da nossa relação, percebi que ele não tinha me esquecido completamente apesar de está noivo e prestes a casar. Encontramo-nos meses depois e matamos a saudade, não senti culpa mas sei que o que fiz não é correto, só que acabamos nos encontrando mais algumas vezes.

Sei que ele ama a noiva dele assim como amo meu namorado, mas agora não consigo parar de pensar em meu ex, até lhe pedi para não me procurar mais  na tentativa de esquecê-lo. Ele vai casar semana que vem e eu estou muito triste...Não sei o que fazer.

                                                                    Anonima

Cara Anónima:


Tu sabes que nunca irás ter um futuro com o teu ex. Vocês já passaram por muitos bons momentos, mas chegou a altura de acabres tudo com ele. Ele vai casar e por mais que te custe, ele nunca te viu como sendo a pessoa por quem ele estaria disposto a deixar a noiva para ser feliz.

Tens de seguir em frente e continuar com a tua vida. Não é fácil, mas continuar a pensar nele apenas te fará ficar ainda mais infeliz. O passado é o passado. Tu tens de pensar no futuro. Tu mereces alguém que goste a sério de ti e que queira passar o resto da vida contigo. Se continuares a pensar no teu ex, poderás por em risco a tua relação actual, por algo que nunca terá futuro. Tens por isso concentrar-te em resolver os problemas que tens na tua relação, motivo pelo qual tentaste encontrar algo que te faltava junto do teu ex. A decisão é tua, mas continuar a viver no passado poderá prejudicar o teu futuro.

                                                                  Dr. Coração

publicado por Dr. Coracao às 20:11

08 Dezembro 2010

Caro Dr. Coração:
 

Tenho 24 anos, sou casada e tenho uma filha pequena. Estou casada há 5 anos e apaixonei-me por um professor de filosofia da universidade onde meu marido estuda. O problema é que ele também é casado (há 17 anos) é dez anos mais velho que eu e para completar o meu marido é seu ex-aluno. Não contive minha paixão e declarei-me para ele. Ele está me correspondendo nas carícias, dá-me atenção, telefona-me, manda-me e-mails carinhosos e disse que não fará nenhum esforço para não se apaixonar por mim. Mas ele não está apaixonado como eu. Preciso muito de uma explicação para isso. Sofro de alguma carência afetiva? Será que essa paixão dilacerante tem haver com algo da minha infância? Ou eu não me amo o suficiente e procuro espelhar-me em outras pessoas?

                                                               Anónima, 24 anos
 

Cara Anónima:

Parece-me claro que a relação que tens com esse professor não tem futuro. E tu própria, sabes no teu íntimo que isso é verdade. Sabes que tu és a amante dele, e que ele nunca sairia do casamento dele para estar contigo. Parece-me que tu tens de reflectir um pouco sobre o teu casamento e mais importante do que isso, sobre a tua auto-estima. Parece-me que procuras algo fora do teu casamento que te faça sentir mais realizada ou mais desejada por outra pessoa, algo que não consegues encontrar com o teu marido. A única forma de resolver esta situação será falar com o teu marido e tentar resolver os vossos problemas. Isto não tem só a ver contigo, pois num casamento, há culpa de ambas as partes quando as coisas não correm bem. Mas se tu não falares com o teu marido, vocês nunca irão resolver os vossos problemas e tu irás sempre continuar a procurar algo junto de outra pessoa. E nunca ficarás satisfeita. Espero que penses no que te disse.

                                                                     Dr. Coração

publicado por Dr. Coracao às 12:39

14 Novembro 2010

Caro Dr. Coração:


Estou desesperada, conheci um homem quase 10 anos mais velho que eu há um ano e meio atrás. No começo nem me interessei por ele, mas com um tempo ele me conquistou profundamente... não sei... adorava estar com ele, sentia-me bem, feliz, alegre, mas eu sempre achei-o muito estranho. Até que um dia ele começou a se afastar de mim... conversei com ele e disse que não ia mais ligar pra ele, mas ele disse-me pra mim fazer isso... mas foi o que aconteceu, pois por mais que ele me tratesse bem, sentia-o meio distante.

Passaram-se 10 meses e até que um dia vi-o. Parece que o sentimento tinha voltado apesar de nunca ter deixado de pensar nele, acabei curtindo com ele de novo e 1 mês depois fiquei sabendo que ele era casado. Senti-me um lixo e enganada porque perguntei-lhe várias vezes se ele tinha compromisso com alguém mas sempre disse que não.

Às vezes ainda ligo para ele. O pior vamos estudar na mesma faculdade, ele ainda não sabe que eu sei que ele é casado e não a entender a minha distância. Sinto-me culpada por gostar de um homem casado. Como faço pra contar-lhe que eu já sei e acabar com esse tormento?

                                                                        M.F., 21 anos
 

Cara M.F.:

Tu no teu íntimo sabes que tens de acabar com esta relação. Ele enganou-te e tu sentes que a tua confiança nele foi quebrada. Mas tu ainda gostas dele, e é por isso que tens algumas dificuldades em acabar as coisas com ele. Mas ele não merece o teu sofrimento. Tu tens que continuar a tua vida e dizer-lhe o que sentes e acabar as coisas com ele. Tu mereces alguém para quem sejas a única mulher da sua vida e que te trate com respeito. E acima de tudo, alguém em quem possas confiar. Por isso, já sabes o que tens a fazer, para reecontrar a felicidade na tua vida.

                                                                     Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 19:15

10 Outubro 2010

 

Amo o meu namorado mas trai a confiança dele escondendo algo dele, mas não tem nada a ver c/ traição. Como posso conseguir novamente a confiança dele?

 

                                                                  Anónima

 

Cara Anónima:

 

A melhor forma de reconquistar a confiança do teu namorado, será mostrar-lhe que estás arrependida do que lhe fizeste. E acima de tudo, mostrar-lhe que nunca mais irás esconder algo dele. Ele irá precisar de algum tempo, mas se ele se aperceber que tu realmente sentes o que dizes, aos poucos a confiança dele por ti irá aumentar. Mas tens de ter paciência, pois traíste a confiança dele e isso é algo que não se recupera rapidamente. Espero que tudo corra bem.

 

                                                                       Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 20:48

11 Setembro 2010

Caro Dr. Coração:

 

Namoro um rapaz há dois meses. Só que de uns tempos pra cá, o nosso namoro não está a correr bem, e pra completar soube de uma historia pelo melhor amigo dele que ele estaria a trair-me, se bem que esse amigo gosta de mim...
Fiquei muito confusa, e um amigo dele me ligou dizendo que queria curtir comigo . Uma amiga minha fez a minha cabeça e trai o meu namorado.

Só que amo-o muito... algumas vezes ele é muito frio comigo, e por isso acabei por fazer o que fiz... O que faço??

                                                                               Mayara

 

Cara Mayara:
 

Tu sabes que não procedeste da melhor forma ao traír o teu namorado com um amigo dele. Por mais que ele tivesse feito alguma coisa e tu não tens a certeza de que te tenha realmente traído, tu deverias ter falado com ele sobre a vossa relação e sobre os motivos que estariam a fazer com que as coisas não tivessem corrido bem. Parece-me que existe uma grande falta de confiança entre ambas as partes e isso é um sinal de que a vossa relação está condenada a acabar. Tu dizes que ainda o amas. Se isso é verdade, então deverás falar com ele e contar-lhe o que fizeste e os motivos pelos quais o fizeste. Nessa conversa deverás também tentar falar com ele sobre os vossos problemas e se ambos estão dispostos a fazer alguma coisa para alterar a situação. Caso não fales com ele, parece-me que mais cedo ou mais tarde, o vosso namoro vai acabar. Quando nenhuma das partes está disposta a fazer algo para mudar as coisas, o tempo acaba por conduzir ao fim da relação. Espero que penses no que te disse.

 

                                                                            Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 20:35

04 Setembro 2010

Caro Dr. Coração:

 

Sou divorciada e acho que o meu karma é viver sozinha... há 2 meses conheci uma pessoa de quem não estava nem um pouco afim, mas com a insistência dele
e eu estando sem ninguém sério há anos, resolvi tentar... ele só me procura para sexo... nos fins de semana desde que o conheci, nunca estamos juntos, sei que ele não tem namorada, ele tem 30 anos...

Ontem tive então uma decepção, quando li num e-mail dele para uma outra pessoa que lhe perguntou se ele estava namorando e ele disse que continuava solteiro... Apesar de sempre dizer-me que é louco por mim...

 

                                                                      Anónima, 45 anos

 

Cara Anónima:

 

Não me parece que esse homem queira ter uma relação séria contigo. Ele apenas te procura para dormirem juntos e não quer passar tempo contigo para te conhecer melhor e para saber se os dois seriam compatíveis. Ele não está a pensar em ter uma relação de longo prazo contigo e se tu ainda tens esperanças de que isso aconteça, estás muito iludida. Tu estás com algum receio de acabar com a relação pois tens algum medo de ficar sozinha, mas se o teu objectivo é encontrar outra pessoa com quem possas passar o resto da tua vida, tens de acabar com esta relação. Ele não está interessado em ti dessa forma e enquanto continuares com ele, irás estar a desperdiçar tempo que poderias estar a utilizar para encontrar outro homem que queira mesmo ter um futuro contigo. Tu tens de ter consciência disso quando tomares a tua decisão. Espero que te tenha ajudado.

                                                                     Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 09:02

24 Agosto 2010

Caro Dr. Coração:

 

Não sei o que fazer. Sou casado há 10 anos, e durante a relação com a minha mulher, passei de repente a gostar de uma outra mulher com quem estou a namorar ha 7 anos. Numa discussão terminei a minha relação com a minha namorada e ficamos dois anos separados. Mais tarde reencontramo-nos e mesmo assim amo-a tanto que por vezes esqueço-me que estou casado. o que faço?

 

                                                                            Anónimo, 28 anos
 

Caro Anónimo:

 

Parece-me óbvio que te falta algo no teu casamento, que tu procuras encontrar junto de outra pessoa. Tu tiveste uma amante durante vários anos e mesmo algum tempo depois de terem terminado, tu ainda sentes algo por ela. Talvez seja um sinal de que tenhas de repensar a tua vida e acabar com o teu casamento. Se tu estivesses completamente feliz com a tua mulher, não terias estes sentimentos pelo que talvez seja um sinal de que têm de separar-se por uns tempos para tu perceberes o que realmente sentes. Não é justo para a tua mulher que tu continues a pensar noutra pessoa e a enganá-la. Durante essa separação, aí terás uma oportunidade para dizeres à tua ex-amante que separaste-te da tua mulher e que querias uma nova oportunidade com ela e que agora tu lhe conseguirias dedicar todo o teu coração, ao contrário do que aconteceu no passado.

Tens de tomar uma decisão, mas parece-me claro que o teu casamento não está a correr bem e que o teu ponto de partida será tentar resolver essa situação antes de procurar a outra rapariga.

 

                                                                           Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 09:27

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
Enviar Carta

Para enviar uma carta clica no botão seguinte:

 

Enviar carta

 

 

Ou envia para:

drcoracao@drcoracao.com

blogs SAPO