Consultório sentimental
Consultório sentimental sobre o amor...

06 Fevereiro 2011

Caro Dr. Coração:


Tenho 25 anos, e dos meus 15 aos 23 vive um relacionamento, que até dois anos antes de acabar era maravilhoso. depois caimos na rotina  e eu traí-o. Mas com esse rapaz com quem curti não existia sentimento.

Sentia-me feliz e assim conseguia fazer meu companheiro feliz tb. mas cansei da rotina, apesar que ele era uma pessoa maravilhosa e resolvi sair de casa.Estamos separados há quase dois anos, ele hoje tem um filho e mora com a mãe do bebe, mas de vez em qdo nos encontramos e fazemos amor como nunca fizemos.

Amo-o e gostaria de reconquista-lo. O que posso fazer para deixar a posição de amante e voltar a ser a mulher da vida dele novamente? Nunca engravidei, e talvez seja isso que tenha colocado um ponto final na nossa relação.

                                                           Anónima, 25 anos
 

Cara Anónima:

Tu ainda estás apaixonada por esse homem do teu passado. Mas a realidade, é que ele apenas estás contigo para ter sexo contigo. Se queres mesmo ser feliz com ele, tens de lhe pedir que ele te escolha como a mulher com quem ele quer passar o resto da vida. Parece-me que não será isso que irá acontecer. ele tem um filho e uma relação com a mãe desse filho e não me parece que ele os deixe por ti. Quanto mais cedo souberes da posição dele, mais cedo poderás saber o que contar.

Tens por isso de falar com ele e pedir que ele faça uma escolha. Caso ele não o faça, é sinal de que por mais que te custe, tens de continuar a com a tua vida e esquecê-lo. Caso não faças nada com medo de perdê-lo, irás continuar a ser sempre a amante dele. Espero que penses no que te disse.

                                                                  Dr. Coração

publicado por Dr. Coração às 00:57

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

21
22
24
25

27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
blogs SAPO